por Silvio Meira

Arquivodezembro 2012

tecnologia: o que vai rolar em 2013?

t

E o mundo, afinal, não se acabou. Pra comemorar, resolvi fazer um texto com letras maiúsculas. Dá trabalho adicional; ficar clicando shift e prestando atenção aos lugares que as ditas têm que ficar. Mas tudo bem, o mundo não ter acabado é uma boa razão para um esforço a mais. E, já que o mundo não acabou, resolvi fazer um conjunto de cinco (ou melhor, seis) previsões sobre o futuro. O futuro...

e-books, OK; e-readers? bem…

e

olhe para o histograma abaixo. até o terceiro trimestre de 2012, é fato. depois, é previsão. mas previsão baseada em dados históricos e atuais de encomendas em todas as partes da cadeia de valor. não só o que vendeu e pode vender, mas quem está comprando o que, de quem, agora, pra vender o que, pra quem, daqui a uns 3, 6, 9 meses… e projetando a tendência para os próximos anos. este ano, foram...

a morte e a morte do “grátis”, na web

a

um modelo de negócios tem que responder as seguintes perguntas: quem paga o que, pra quem, por que e como? instagram, o app [aliás, a comunidade] que faceBook comprou por um bilhão de dólares há uns meses, está tentando responder esta pergunta. agora. a tentativa da semana gorou. e vão botar a culpa em algum estagiário do departamento legal...

desconstruindo o futuro: se tudo for previsível, qual vai ser a graça?…

d

há um infográfico no site da CISCO sobre o que está sendo chamado da internet de tudo. o tudo, aqui, quer dizer nós e as coisas. na mesma rede. o tempo todo. e para sempre, daqui a algum tempo. porque houve um outro tempo em que parecia que iria haver uma internet da gente e outra, das coisas. mas é claro que não ia ser assim. vivendo todos no mesmo espaço, nós e as coisas, interagindo e...

as redes sociais [abstratas] e a proximidade [concreta]

a

todo mundo que trabalha com redes sociais na web sabe que grupos de pessoas que já são próximas por alguma razão tendem a ser vizinhas no mundo virtual, se tiverem uma chance. a noção de proximidade, fora do mundo virtual, pode ser cultural, de língua, de esporte ou o que mais você pensar que possa ser “próximo”...

por Silvio Meira

Pela Rede

silvio meira é PROFESSOR EXTRAORDINÁRIO da cesar.school, PROFESSOR EMÉRITO do CENTRO DE INFORMÁTICA da UFPE, RECIFE e CIENTISTA-CHEFE, The Digital Strategy Company. é fundador e presidente do conselho de administração do PORTO DIGITAL. silvio é professor titular aposentado do centro de informática da ufpe, fundou [em 1996] e foi cientista-chefe do C.E.S.A.R, centro de estudos e sistemas avançados do recife até 2014. foi fellow e faculty associate do berkman center, harvard university, de 2012 a 2015 e professor associado da escola de direito da FGV-RIO, de 2014 a 2017.

Silvio no Twitter

Arquivo