por Silvio Meira

Tagpolítica

a volta do “ciberespaço”

a

william hague é o equivalente do ministro de relações exteriores de sua majestade elizabeth II. lá, o nome literal do cargo é, simplesmente, o "secretário do estrangeiro". olhando do ponto de vista de mr. hague, o "estrangeiro" online está se transformando em um megaproblema. ao ponto do governo inglês ter provocado e organizado a primeira grande conferência mundial de...

internet: como aproveitar as grandes oportunidades?

i

dia destes o blog publicou um texto sobre o tamanho e o potencial da internet na economia, mostrando onde estamos e onde poderíamos chegar SE tivéssemos políticas, estratégias e determinação para tal, ao invés de, pura e simplesmente, conversas, manobras e desencontros. o texto passado usou gráficos da mcKinsey publicados durante o e-G8 em paris e, logo depois, a consultoria internacional...

o tamanho e o potencial da internet na economia

o

esta semana aconteceu em paris o e-G8, encontro da galera que acha que manda no mundo pra discutir -na opinião de muitos, minha inclusive- como mandar na internet. sarkozy bateu o centro dizendo que "a internet era um território virgem, a ser conquistado"… e @jpbarlow, um dos fundadores da EFF, detonou de cara, no twitter: "e eu estou aqui justamente para...

neutralidade em cheque

n

desde o começo da internet, um dos princípios fundamentais da rede tem sido o de tratar todo tipo de tráfego do mesmo jeito, com a mesma prioridade. além de garantir que todos os usuários, a qualquer tempo e sem ter que pagar mais por isso, podem [realmente] usar a rede para o que quiserem e entenderem, desde transmitir o gato dormindo na sala até...

o futuro, os jovens, a política e o capital em rede

o

“a política, quando realmente nos inspira, oferece uma nova visão do futuro”. a frase abre a introdução do relatório “To tackle the challenges of tomorrow, young people need political capital today…” [ou AN ANATOMY OF YOUTH], escrito por celia hannon e charlie tims para a demos, com a participação de gente como danah...

Por que somos tão poucos na internet brasileira

P

[Texto da série “Silvio Meira no G1”, publicado originalmente no G1, em 26/09/2006.] Se fosse o caso de dar um conjunto de respostas simples, mas que não explicam muita coisa, sobre por que o Brasil ainda tem tão pouca gente na internet, a lista de porquês até que não seria muito grande: porque a geografia do Brasil é complexa; porque nossa infra-estrutura é precária; porque a...

por Silvio Meira

Pela Rede

silvio meira é PROFESSOR EXTRAORDINÁRIO da cesar.school, PROFESSOR EMÉRITO do CENTRO DE INFORMÁTICA da UFPE, RECIFE e CIENTISTA-CHEFE, The Digital Strategy Company. é fundador e presidente do conselho de administração do PORTO DIGITAL. silvio é professor titular aposentado do centro de informática da ufpe, fundou [em 1996] e foi cientista-chefe do C.E.S.A.R, centro de estudos e sistemas avançados do recife até 2014. foi fellow e faculty associate do berkman center, harvard university, de 2012 a 2015 e professor associado da escola de direito da FGV-RIO, de 2014 a 2017.

Silvio no Twitter

Arquivo