por Silvio Meira

motorista “celular”: perigoso mesmo dirigindo sem celular

m

estudo recente mostra que motoristas que usam o celular com frequência, enquanto dirigem, conduzem de forma mais arriscada do que os outros, mesmo quando não estão usando o celular à direção. isso pode querer dizer que as pessoas dispostas a falar, mandar mensagens de texto ou até navegar dirigindo tem um comportamento essencialmente mais arriscado à direção do que os motoristas  “desconectados”.

os conectados, móveis [definição aqui], os que usam o celular à direção com frequência, dirigem mais rápido, trocam de faixa mais frequentemente, passam mais tempo na faixa mais rápida e usam o acelerador e freio de forma mais brusca do que os motoristas que raramente usam o celular à direção, mesmo quando não estão usando o celular enquanto dirigindo.

e o estudo conclui que esta pode ser uma das razões pelas quais as leis que proíbem o celular à direção têm contribuído muito pouco para a diminuição de acidentes, porque os motoristas que se envolvem em acidentes enquanto usam celulares parecem ser os mesmos que se acidentariam [e aos outros] mesmo sem usar celulares. será?

Sobre o autor

Silvio Meira

silvio meira é cientista-chefe da TDS.company, professor extraordinário da CESAR.school e presidente do conselho do portodigital.org

por Silvio Meira
por Silvio Meira

Pela Rede

silvio meira é PROFESSOR EXTRAORDINÁRIO da cesar.school, PROFESSOR EMÉRITO do CENTRO DE INFORMÁTICA da UFPE, RECIFE e CIENTISTA-CHEFE, The Digital Strategy Company. é fundador e presidente do conselho de administração do PORTO DIGITAL. silvio é professor titular aposentado do centro de informática da ufpe, fundou [em 1996] e foi cientista-chefe do C.E.S.A.R, centro de estudos e sistemas avançados do recife até 2014. foi fellow e faculty associate do berkman center, harvard university, de 2012 a 2015 e professor associado da escola de direito da FGV-RIO, de 2014 a 2017.

Silvio no Twitter

Arquivo