SILVIO MEIRA

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [XIV]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto em bit.ly/3J51vZc, o sexto em… bit.ly/3Jkd8vC, o sétimo em… bit.ly/3JTlBHM, o oitavo em… bit.ly/42z6sT1, o nono em… bit.ly/3yZFUNd, o décimo em bit.ly/3Mjr6AS, o décimo primeiro em bit.ly/3OEvgo7, o décimo segundo em bit.ly/42aqEt1, e o décimo terceiro em bit.ly/3Cs3gN7], sobre Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais, com a co-autoria de André Neves. Esse texto é o rascunho de um documento que será publicado como um ebook pela TDS.company.


[6] Efeitos de linguagem.

Linguagem
, termos, marcas, padrões.

 

Cultura é interação em contexto. Cultura é troca situada de informação em contexto. Na sociedade em rede, tudo são fluxos. Pra relembrar, fluxos são…

…sequências de trocas e interações propositais, repetitivas e programáveis, realizadas por atores sociais [pessoas, negócios, coisas] situados em posições potencialmente disjuntas, sobre as estruturas econômicas, políticas e simbólicas [as plataformas] da sociedade.

Em rede, cultura são fluxos; e o resultado das interações, construtivas e destrutivas, dos fluxos de um dado contexto. Culturas não são necessariamente humanas[1]. Pessoas [e outros agentes em rede] trocam informação usando sinais, símbolos, que criam significados.  Quando há símbolos e significados, há linguagens, que têm camadas sintáticas [símbolos e regras para formar expressões] e semânticas [bases dão sentido -significado- aos objetos sintáticos], e um envoltório pragmático [o contexto de trocas de informação] capaz de redefinir forma e sentido em cada situação. PIX como linguagem de paquera[2] é a prática se sobrepondo à sintaxe e semântica impostas, recriando a cultura definida [ou imposta] para a tecnologia.

Quando agentes [pessoas e organizações] em rede usam linguagens naturais, os efeitos de línguas como protocolos podem determinar a evolução e sustentação do mercado: inglês é falado por 1,3 bilhões de pessoas e português por 252 milhões. Sem falar que a interface [de funcionalidades] de qualquer plataforma deve ter uma versão em inglês, os efeitos de inglês como linguagem ainda tendem a ser muito maiores do que qualquer outra língua.

Estes efeitos vão desde a nomeação do negócio e suas funcionalidades até a definição de sua categoria e do jargão associado a ela. É por isso tanta coisa digital tem quase toda sua terminologia em inglês, ainda que se tente chamar mouse de rato lá em Portugal.

Certos negócios definem categorias a ponto de seus nomes se tornarem verbos com os quais se explica o processo de transformação de mercados, como Uber e “uberização”. Mesmo quando usado de forma completamente errada [usa-se uberização pra muita coisa, quase tudo, que nada tem a ver com o que Uber faz…], atingir tal status é sinal de relevância global, senão de sucesso no modelo de negócios e seus efeitos de rede. Mas o princípio é criar um nome singular, para o negócio, que vai diferenciá-lo de todos os outros e o tornar reconhecido como tal. E isso é muito, muito difícil.

Linguagem não é só um meio de comunicação: molda identidades, constrói comunidades e, nelas, influencia e muitas vezes determina estratégias de negócios, de comunicação, de marketing e muito mais. No contexto dos efeitos de rede, a linguagem desempenha papel vital na sua criação e ampliação do impacto, porque é um aspecto fundamental de nossa identidade cultural e pessoal. Linguagem nos permite expressar pensamentos, emoções e experiências; num dado contexto, nos conecta com outros que compartilham a mesma língua, sotaque, códigos, as mesmas ou parecidas histórias e origens, e serve de fundação para formar comunidades com base em valores, crenças e tradições compartilhadas. E essas comunidades se tornam propícias para efeitos de rede, à medida que criam um ambiente onde informação, ideias e influência podem se espalhar rapidamente.

A identidade está intimamente ligada à linguagem e à fala. A maneira como falamos, as palavras que usamos e nosso sotaque moldam como os outros nos percebem e como nos percebemos. A linguagem se torna um indicador de nossa identidade cultural, regional ou social, permitindo que nos conectemos com pessoas que compartilham características linguísticas semelhantes e formemos comunidades com base nesses aspectos compartilhados.

No marketing, a linguagem se torna uma ferramenta poderosa para capturar atenção, transmitir mensagens, criar e evoluir narrativas e influenciar comportamentos. Ao usar uma linguagem alinhada com a identidade e valores de seus [potenciais] clientes, o marketing pode explorar os efeitos de rede da linguagem para se inserir em comunidades de uma forma fluida e, nelas, provocar, articular e orquestrar efeitos de rede [de linguagem, inclusive].

Em resumo, linguagem, fala, identidade, comunidade e marketing são elementos interconectados no contexto dos efeitos de rede. A linguagem serve como base para a comunicação e formação de comunidades, enquanto a fala fortalece as conexões sociais e facilita a troca de informação. A identidade é moldada pela linguagem, e o marketing aproveita a linguagem para se conectar com os consumidores e criar efeitos de rede que impulsionam a fidelidade e o engajamento com as marcas.

Compreender e aproveitar o poder da linguagem nos efeitos de rede pode ser uma estratégia valiosa para quem deseja se conectar e influir no mundo figital, com os efeitos de linguagens desempenhando um papel central na evolução e sustentação de comunidades, mercados e ecossistemas. Alguns dos efeitos de linguagens são…

  1. A linguagem tem o poder de nomear e categorizar conceitos, produtos e serviços. A escolha de um nome singular e distintivo para um negócio pode diferenciá-lo dos concorrentes e torná-lo reconhecido em todo o mercado. Além disso, certos negócios têm o potencial de definir categorias, quando o nome do negócio se torna um verbo que descreve a transformação de mercados. Essa categorização pode influenciar a percepção do público e estabelecer uma posição dominante na indústria.

  2. A linguagem comum facilita a padronização e compreensão entre os participantes de um mercado ou ecossistema. Quando uma linguagem é amplamente adotada, ela se torna um protocolo de comunicação eficaz, permitindo que diferentes partes se conectem e interajam de forma mais fluida. A padronização da linguagem também ajuda a estabelecer normas e práticas comuns, facilitando a cooperação e a colaboração entre os participantes.

  3. Linguagem desempenha um papel fundamental na criação de significado e identidade para os negócios e suas marcas. A linguagem transmite a proposta de valor, valores e missão de forma eficaz. A escolha de palavras e expressões específicas pode ajudar a construir uma imagem e uma identidade distintivas, que ressoam com o público-alvo e geram conexões emocionais. Isso pode resultar em fidelidade à marca e defesa dos clientes, fortalecendo assim os efeitos de rede.

  4. Uma linguagem global, como o inglês, tem um impacto significativo nos efeitos de rede. O inglês é amplamente falado em todo o mundo e é considerado a linguagem franca dos negócios e da tecnologia. A disponibilidade de interfaces e conteúdo em inglês aumenta o alcance e a acessibilidade de uma plataforma ou ecossistema para uma audiência global. Isso amplia o potencial de rede e permite que mais participantes se conectem e colaborem em escala internacional.

  5. A linguagem tem um papel na influência cultural e poder simbólico de uma plataforma ou ecossistema. Certas línguas têm uma influência dominante em setores específicos, ditando tendências e estabelecendo padrões. Por exemplo, o uso de terminologia em inglês em produtos e serviços digitais reflete a influência da cultura e da indústria de língua inglesa. Isso pode criar barreiras de entrada para outras línguas e afetar a dinâmica competitiva em determinados mercados.

 

É importante ressaltar que os efeitos de rede de linguagens não se limitam apenas à escolha de palavras e terminologias, mas envolvem o contexto mais amplo da cultura e da comunicação dentro de um determinado mercado. A linguagem se torna um meio para estabelecer conexões, facilitar a colaboração e criar um senso de comunidade entre os participantes.

Além dos cinco efeitos mencionados, deve-se destacar que a linguagem também desempenha um papel na formação de comunidades e na construção de identidades coletivas. Por exemplo, comunidades online formadas em torno de interesses específicos podem desenvolver sua própria linguagem e jargões exclusivos, fortalecendo os laços entre os membros e criando um senso de pertencimento. Essa linguagem comum torna-se um elemento central da cultura da comunidade e contribui para os efeitos de rede que impulsionam a colaboração e a troca de conhecimento.

Para entender melhor os efeitos de rede de linguagens, é importante analisar a forma como a linguagem impacta os mercados e ecossistemas. A linguagem desempenha um papel crucial na comunicação, na criação de significados e na interação entre os participantes de um sistema. Aqui estão algumas formas em que os efeitos de rede de linguagens podem ser observados:

  1. Linguagem facilita a interação e cooperação entre os participantes de um mercado ou ecossistema. Quando os atores compartilham uma linguagem comum, a comunicação se torna mais eficiente e eficaz. Isso possibilita a troca de informações, a colaboração em projetos e a formação de parcerias estratégicas. Por exemplo, em um mercado global, a adoção do inglês como língua franca permite que empresas de diferentes países e culturas se comuniquem e trabalhem juntas.

  2. Linguagem desempenha um papel fundamental na construção de reputação e confiança dentro de um mercado. Quando os participantes utilizam uma linguagem clara, precisa e consistente, eles transmitem confiança e credibilidade aos outros atores. Além disso, certas palavras e expressões podem ser associadas a valores positivos e qualidade, reforçando a reputação de uma empresa ou marca. Por exemplo, uma empresa que utiliza uma linguagem ética e transparente pode ganhar a confiança dos consumidores e se beneficiar de efeitos de rede positivos.

  3. Linguagem pode ser usada como ferramenta estratégica para diferenciar uma empresa ou marca dos concorrentes. A escolha de uma terminologia única e distintiva pode ajudar a criar uma identidade única e destacar a proposta de valor de uma empresa. Por exemplo, empresas de tecnologia frequentemente utilizam terminologia específica do setor para se posicionar como líderes inovadores e especialistas em seu campo. Isso ajuda a atrair usuários e criar uma base sólida de seguidores.

  4. Linguagem está intimamente ligada à cultura e pode exercer influência sobre os mercados e ecossistemas. Em mercados internacionais, a capacidade de adaptar a linguagem e as mensagens para se adequar a diferentes contextos culturais pode ser crucial para o sucesso. As empresas que conseguem comunicar-se de forma eficaz com os consumidores locais em sua língua e com sensibilidade cultural têm maior probabilidade de obter aceitação e adoção em novos mercados.

  5. Linguagem desempenha um papel fundamental na facilitação da inovação e desenvolvimento de ecossistemas. Através da linguagem, as empresas podem compartilhar ideias, conhecimentos e experiências, estimulando a colaboração e a co-criação. Por exemplo, comunidades de desenvolvedores de software frequentemente utilizam uma linguagem específica para trocar informações e desenvolver soluções conjuntas. Isso impulsiona a inovação e a evolução do ecossistema.

 

Em resumo, os efeitos de rede de linguagens são fundamentais para a criação, diferenciação e crescimento de mercados e ecossistemas. A linguagem desempenha um papel crucial na interação, cooperação, construção de reputação, diferenciação, influência cultural, inovação e desenvolvimento de ecossistemas. Ao reconhecer e utilizar esses efeitos de forma estratégica, as empresas podem fortalecer sua posição competitiva e criar vantagens duradouras em seus mercados-alvo.

É importante ressaltar que a dinâmica dos efeitos de rede de linguagens pode variar em diferentes setores e contextos. Por exemplo, em mercados internacionais, o multilinguismo pode desempenhar um papel crucial na criação de conexões entre diferentes culturas e mercados locais. A tradução e localização adequadas do conteúdo podem permitir que as empresas alcancem públicos mais amplos e aumentem sua base de usuários.

No entanto, também é importante reconhecer que os efeitos de rede de linguagens podem trazer desafios e complexidades. A escolha de uma linguagem dominante pode criar barreiras de entrada para empresas e comunidades que operam em outras línguas. Além disso, a adaptação da linguagem para diferentes contextos culturais pode exigir sensibilidade e compreensão das nuances e diferenças entre as comunidades.

Os efeitos de rede de linguagens desempenham um papel fundamental na criação, manutenção e evolução de mercados e ecossistemas. A escolha adequada de terminologias, a padronização da linguagem, o alcance global, a criação de significado e identidade, e a influência cultural são elementos essenciais para aproveitar ao máximo os efeitos de rede de linguagens. As empresas que compreendem e estrategicamente utilizam esses efeitos podem estabelecer uma vantagem competitiva significativa e impulsionar o crescimento e o sucesso de seus negócios.

Algumas formas estruturais de criar, manter e evoluir efeitos de linguagem incluem, pelo menos…

  1. Criação de terminologia única: escolher nomes únicos e memoráveis para o negócio e suas funcionalidades pode ajudar a criar uma linguagem própria em torno da empresa. Nomes singulares podem ser criados de várias maneiras, usando palavras inventadas, acrônimos, combinações e jogos de palavras ou referências culturais. Um exemplo é a marca Nike, deusa que personifica a vitória em qualquer campo, incluindo arte, música, guerra e atletismo, frequentemente retratada na arte grega como “vitória alada” no momento do vôo. O nome foi escolhido para transmitir a ideia de sucesso e conquista e se tornou parte do posicionamento da marca. A escolha de um nome singular e poderoso ajudou a Nike a se destacar no mercado de calçados esportivos e a criar uma conexão emocional com seus consumidores.

  2. Definição de categorias e jargões específicos: estabelecer uma categoria para o negócio pode ajudar a criar um conjunto de termos e jargões específicos que se tornam parte da linguagem do mercado. Por exemplo, no setor de tecnologia, empresas que oferecem serviços de armazenamento e processamento de dados em rede são tratadas como “provedores de nuvem”, e o termo “migração para a nuvem” é usado para descrever a transferência de dados e aplicativos para um serviço de nuvem. A criação de jargões específicos associados aos produtos ou serviços de uma empresa pode ajudar a estabelecer uma comunicação clara e eficaz com os clientes, além de aumentar a familiaridade com a marca. Categorias, termos e jargões devem fazer parte de uma linguagem coerente para todos os produtos e comunicações, de forma a se tornaram reconhecidos pelos usuários e associados à marca. Por outro lado, uma consistência na linguagem ajuda a criar um vínculo emocional com os consumidores e fortalecer a identidade da marca; há casos em que o mesmo font é usado há quase 150 anos, assim como a mesma cor como principal identidade visual, e até as mesmas frases nas campanhas publicitárias.

  3. Utilização de linguagem de nicho: ao criar uma linguagem que ressoe com um nicho específico de consumidores, uma empresa pode estabelecer uma comunidade fiel de seguidores e aumentar a probabilidade de efeitos de rede ocorrerem. É uma estratégia para criar uma conexão mais profunda entre a empresa e clientes, criando comunicação mais personalizada e segmentada. Ao utilizar termos específicos e jargões do segmento em que atua, a empresa consegue se comunicar de forma mais eficaz com seu público-alvo, demonstrando que entende suas necessidades e preocupações. A Nike criou uma linguagem específica para se comunicar com corredores, um dos principais segmentos de consumidores de seus produtos, usando termos como “Flyknit”, “Air Max”, “Zoom” e “Free”. A Blizzard usa “raids”, “loot”, “guilds” e “dungeons”, jargões do universo dos jogos online. Tais linguagens de nicho ajudam a criar conexões mais profundas entre negócio e clientes e usuários, aumentando a probabilidade de efeitos de rede ocorrerem em torno de seus produtos e serviços.

  4. Adaptação da linguagem… para outras regiões ou culturas pode ajudar a atingir mercados novos e|ou mais amplos e aumentar relevância, aumentando a probabilidade de efeitos de rede ocorrerem. A tradução não deve se limitar apenas a nomes de produtos e serviços, mas também à adaptação de jargões e termos específicos para o idioma local. Em mandarim, TikTok é Douyin, há uma versão específica para o mercado chinês, com funcionalidades exclusivas e a linguagem de conteúdo é adaptada para as preferências do público chinês, com uma forte presença de música e de entretenimento. A Blizzard expandiu seus jogos para muitos idiomas, incluindo português, espanhol, francês, alemão e coreano. Além da tradução dos nomes de jogos e personagens, o conteúdo foi adaptado para refletir as preferências culturais dos jogadores de cada país. Em “World of Warcraft”, por exemplo, a tradução das falas dos personagens para o português teve a adição de referências específicas para o Brasil, como nomes de locais e festivais brasileiros.

  5. Narrativas… porque interagir através de histórias cria conexões emocionais com os usuários. Através de narrativas envolventes, uma empresa pode transmitir sua visão, missão e valores de uma forma que ressoa com o público, fazendo com que a linguagem seja usada para criar uma experiência imersiva e cativante, estabelecendo uma relação mais profunda entre a empresa e seus usuários. Além disso, uma narrativa pode ser uma ferramenta eficaz para transmitir complexidades e valores abstratos de uma forma mais compreensível e memorável. Ao incorporar elementos narrativos em mensagens, a empresa pode simplificar conceitos complexos e torná-los mais acessíveis aos usuários, tornando-os mais propensos a se envolverem e se conectarem com a mensagem transmitida. As narrativas também podem levar à humanização da marca, tornando-a mais acessível e próxima dos usuários. Ao apresentar histórias autênticas e emocionalmente envolventes, a empresa pode criar empatia e construir confiança com os usuários, o que pode levar a uma maior fidelidade e engajamento. No contexto dos efeitos de rede, as narrativas podem ajudar a amplificar a disseminação de informação e mensagens da empresa. Uma história envolvente e compartilhável tem mais chances de ser compartilhada pelos usuários em suas redes sociais e alcançar um público mais amplo. Isso pode levar a um aumento da visibilidade e do alcance da empresa, impulsionando os efeitos de rede e atraindo novos usuários para a plataforma ou comunidade.

  6. Acompanhamento do feedback dos usuários: para manter e evoluir efeitos de linguagem, é necessário adaptar a linguagem às necessidades dos usuários e acompanhar seu feedback. Ao adaptar a linguagem, é possível atender a segmentos específicos de clientes e tornar as funcionalidades mais claras e acessíveis. Por exemplo, uma empresa de tecnologia pode usar uma linguagem mais simples e direta em tutoriais e guias de uso para que usuários iniciantes possam entender melhor como utilizar seus produtos. Por outro lado, para usuários avançados, pode ser necessário o uso de termos mais técnicos e específicos. Ao acompanhar o feedback dos usuários, a empresa pode ajustar a linguagem e a terminologia para melhorar a experiência do usuário e aumentar a fidelidade do cliente. Por exemplo, se uma empresa de streaming de vídeo recebe feedback de que um termo específico não é claro ou não faz sentido para seus usuários, ela pode ajustar a terminologia para torná-la mais clara e acessível para seus usuários.

 

Em resumo, a adaptação da linguagem às necessidades dos usuários e o acompanhamento constante do feedback dos usuários são duas formas importantes de criar, manter e evoluir efeitos de linguagem.

Em conclusão, os efeitos de rede de linguagens desempenham um papel fundamental na criação, manutenção e evolução de mercados, plataformas e comunidades. A escolha cuidadosa de terminologias, criação de categorias distintas, o alcance global, criação de significado e identidade, e a influência cultural são elementos essenciais para aproveitar ao máximo esses efeitos. A linguagem é um meio poderoso de estabelecer conexões, facilitar a colaboração e criar um senso de comunidade entre os participantes.

As empresas que compreendem e utilizam estrategicamente os efeitos de rede de linguagens têm a oportunidade de estabelecer uma vantagem competitiva significativa e impulsionar o crescimento e o sucesso de seus negócios. A criação de uma terminologia única e distintiva, a definição de categorias e jargões específicos, a utilização de linguagem de nicho e a adaptação da linguagem para diferentes regiões e culturas são estratégias que podem fortalecer os efeitos de rede e promover uma maior conexão emocional com os usuários.

Além disso, a adaptação constante da linguagem com base no feedback dos usuários é essencial para manter a relevância e melhorar a experiência do usuário. Acompanhar as necessidades e preferências dos usuários permite ajustar a linguagem e a terminologia de forma a atender a segmentos específicos de clientes e garantir a clareza e a acessibilidade das funcionalidades oferecidas. No entanto, é importante reconhecer que os efeitos de rede de linguagens também podem trazer desafios e complexidades. A escolha de uma linguagem dominante pode criar barreiras de entrada para empresas e comunidades que operam em outras línguas, e a adaptação para diferentes contextos culturais exige sensibilidade e compreensão das nuances e diferenças entre as comunidades.

Em um mundo cada vez mais conectado e globalizado, os efeitos de rede de linguagens desempenham um papel fundamental na construção de plataformas e comunidades bem-sucedidas. Compreender a importância da linguagem, seus impactos culturais e simbólicos e sua capacidade de criar conexões e significado é essencial para aproveitar ao máximo os efeitos de rede e impulsionar o crescimento e a sustentabilidade a longo prazo.

[1] Gruber, T. et al., “Efficiency fosters cumulative culture across species”, PhiTransRSB, 2022, bit.ly/44mXzwd.

[2] Pix Paquera: … BC faz alerta, G1, 2021, glo.bo/3ppGLWw.

Outros posts

E AÍ… IA [II]

Trabalho, Emprego e IA   Há uma transformação profunda do trabalho e da produção, como parte da transformação figital dos mercados, da economia e da

EFEITOS DE REDE E ECOSSISTEMAS FIGITAIS [XV]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

E AÍ, IA… [I]

IA fará com que todos sejam iguais em sua capacidade de serem desiguais. É o maior paradoxo desde que Yogi Berra disse… ‘Ninguém mais vai

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [XII]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [xi]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [x]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [ix]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [vi]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [v]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [iv]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

chatGPT: cria ou destrói trabalho?

O potencial de relevância e impacto inovador de transformadores [veja A Grande Transformação dos Transformadores, em bit.ly/3iou4aO e ChatGPT is everywhere. Here’s where it came

A Grande Transformação dos Transformadores

Um transformador, na lembrança popular, era [ainda é] a série de filmes [Transformers, bit.ly/3Qp97cu] onde objetos inanimados, inconscientes e -só por acaso- alienígenas, que existiam

Começou o Governo. Cadê a Estratégia?

Estamos em 02/01/2023. Ontem foram as posses e os discursos. Hoje começam a trabalhar um novo Presidente da República, dezenas de ministros e ainda serão

23 anotações sobre 2023 [xxiii]

Este é o 23° de uma série de textos sobre o que pode acontecer, ou se tornar digno de nota, nos próximos meses e poucos

23 anotações sobre 2023 [xxii]

Este é o 22° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xxi]

Este é o 21° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xx]

Este é o 20° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xix]

Este é o 19° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xviii]

Este é o 18° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xvii]

Este é o 17° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xvi]

Este é o 16° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xv]

Este é o 15° de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [xiv]

Este é o décimo quarto de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se

23 anotações sobre 2023 [xiii]

Este é o décimo terceiro de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se

23 anotações sobre 2023 [xii]

Este é o décimo segundo de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se

23 anotações sobre 2023 [xi]

Este é o décimo primeiro de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se

23 anotações sobre 2023 [x]

Este é o décimo de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [ix]

Este é o nono de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [viii]

Este é o oitavo de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [vii]

Este é o sétimo de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [vi]

Este é o sexto de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [v]

Este é o quinto de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [iv]

Este é o quarto de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [iii]

Este é o terceiro de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [ii]

Este é o segundo de uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar

23 anotações sobre 2023 [i]

Esta é uma série de textos curtos, de uns poucos parágrafos e alguns links, sobre o que pode acontecer, ou se tornar digno de nota,

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [ii]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

Efeitos de Rede e Ecossistemas Figitais [i]

Uma série, aqui no blog [o primeiro texto está em… bit.ly/3zkj5EE, o segundo em bit.ly/3sWWI4E, o terceiro em bit.ly/3ycYbX6, o quarto em… bit.ly/3ycyDtd, o quinto

O Metaverso, Discado [4]

Este é o quarto post de uma série dedicada ao metaverso. É muito melhor começar lendo o primeiro [aqui: bit.ly/3yTWa3g], que tem um link pro

O Metaverso, Discado [3]

Este é o terceiro post de uma série dedicada ao metaverso. É muito melhor começar lendo o primeiro [aqui: bit.ly/3yTWa3g], que tem um link pro

O Metaverso, Discado [2]

Este é o segundo post de uma série dedicada ao metaverso. É muito melhor ler o primeiro [aqui: bit.ly/3yTWa3g] antes de começar a ler este aqui. Se puder, vá lá, e volte aqui.

O Metaverso, Discado [1]

O metaverso vai começar “discado”. E isso é bom. Porque significa que vai ser criado e acontecer paulatinamente. Não vai rolar um big bang vindo

chega de reuniões

um ESTUDO de 20 empresas dos setores automotivo, metalúrgico, elétrico, químico e embalagens mostra que comportamentos disfuncionais em REUNIÕES [como fugir do tema, reclamar, criticar…

Definindo “o” Metaverso

Imagine o FUTEBOL no METAVERSO: dois times, A e B, jogam nos SEUS estádios, com SUAS bolas e SUAS torcidas. As BOLAS, cada uma num

Rupturas, atuais e futuras,
no Ensino Superior

Comparando as faculdades com outras organizações na sociedade,percebe-se que sua peculiaridade mais notável não é seu produto,mas a extensão em que são operadas por amadores.

O que é Estratégia?

A primeira edição do Tractatus Logico-Philosophicus [TLP] foi publicada há exatos 100 anos, no Annalen der Naturphilosophie, Leipzig, em 1921. Foi o único livro de

O Brasil Tem Futuro?

Uma das fases mais perigosas e certamente mais danosas para analisar e|ou entender o nosso país é a de que “O Brasil é o país

Os Velhos Envelopes, Digitais

Acho que o último envelope que eu recebi e não era um boleto data da década de 1990, salvo uma ou outra exceção, de alguém

Houston, nós temos um problema…

Este texto é uma transcrição editada de uma intervenção no debate “De 1822 a 2022 passando por 1922 e imaginando 2122: o salto [?] da

Pessoas, Games, Gamers, Cavalos…

Cartas de Pokémon voltaram à moda na pandemia e os preços foram para a estratosfera. Uma Charizard holográfica, da primeira edição, vale dezenas de milhares

As Redes e os Currais Algorítmicos

Estudos ainda limitados[1] sobre política e sociedade mostram que a cisão entre centro [ou equilíbrio] e anarquia [ou caos] é tão relevante quanto a divisão

O Trabalho, em Transição

Trabalho e emprego globais estão sob grande impacto da pandemia e da transformação digital da economia, em que a primeira é o contexto indesejado que

O ano do Carnaval que não houve

Dois mil e vinte e um será, para sempre, o ano do Carnaval que não houve. Quem sentirá na alma são os brincantes para quem

Rede, Agentes Intermediários e Democracia

Imagine um provedor de infraestrutura e serviços de informação tomando a decisão de não trabalhar para “um cliente incapaz de identificar e remover conteúdo que

21 anotações sobre 2021

1 pode até aparecer, no seu calendário, que o ano que vem é 2021. mas não: é 2025. a aceleração causada por covid19, segundo múltiplas

A Humanidade, em Rede

Redes. Pessoas, do mundo inteiro, colaborando. Dados, de milhares de laboratórios, hospitais, centros de pesquisa e sistemas de saúde, online, abertos, analisados por sistemas escritos

tecnologia e[m] crises

tecnologia, no discurso e entendimento contemporâneo, é o mesmo que tecnologias da informação e comunicação, TICs. não deveria ser, até porque uma ponte de concreto

o que aconteceu
no TSE ontem?

PELA PRIMEIRA VEZ em muitos anos, o BRASIL teve a impressão de que alguma coisa poderia estar errada no seu processo eleitoral, e isso aconteceu

CRIAR um TEMPO
para o FUTURO

em tempos de troca de era, há uma clara percepção de que o tempo se torna mais escasso. porque além de tudo o que fazíamos

Duas Tendências Irreversíveis, Agora

O futuro não acontece de repente, todo de uma vez. O futuro é criado, paulatinamente, por sinais vindos de lá mesmo, do futuro, por caminhos

futuro: negócios e
pessoas, figitais

em tempos de grandes crises, o futuro, às vezes mais do que o presente, é o centro das preocupações das pessoas, famílias, grupos, empresas e

bom senso & saber

uma pergunta que já deve ter passado pela cabeça de muita gente é… o que é o bom senso, e como é que a gente

uma TESE são “só” 5 coisas…

…e uma dissertação e um trabalho de conclusão de curso, também. este post nasceu de um thread no meu twitter, sumarizando perguntas que, durante a

os novos NORMAIS serão FIGITAIS

há muitas empresas achando que… “agora que COVID19 está passando, bora esquecer essa coisa de DIGITAL e trazer os clientes de volta pras lojas”… enquanto

Novas Formas de Pensar em Tempos Incertos

O HOMO SAPIENS anatomicamente moderno tem ceca de 200.000 anos. Há provas de que tínhamos amplo controle do fogo -talvez “a” tecnologia fundadora da humanidade-

Efeitos não biológicos de COVID19

A PARTIR do que já sabemos, quais os impactos e efeitos de médio e longo prazo da pandemia?… O que dizem as pesquisas, não sobre

APRENDER EM VELOCIDADE DE CRISE

TODOS OS NEGÓCIOS estiveram sob gigantesca pressão para fazer DUAS COISAS nas últimas semanas, quando cinco décadas de um processo de transformação digital que vinha,

UM ANTIVÍRUS para a HUMANIDADE

SARS-COV-2 é só um dos milhares de coronavírus que a ciência estima existir, ínfima parte dos 1,7 milhões de vírus desconhecidos que os modelos matemáticos

Mundo Injusto, Algoritmos Justos?

Se um sistema afeta a vida das pessoas, exige-se que seu comportamento seja justo. Pelo menos no que costumamos chamar de civilização. Ser justo é

Das nuvens, também chovem dados

Há uns meses, falamos de Três Leis da Era Digital, inspiradas nos princípios de Asimov para a Robótica. As Leis eram… 1ª: Deve-se proteger os

As Três Leis da Era Digital

Há setenta e oito anos, Isaac Asimov publicava a primeira versão do que todos conhecem como as Três Leis da Robótica[1]. A Primeira diz que

o apocalipse digital…

…segundo silvio meira, capítulo 55, versículo 2019, parágrafos 1 a 8. escrito em plena sexta-feira 13, num dos grupos de inovação [corporativa] mais animados e

por uma educação
“sem” distância

Uma versão editada do texto abaixo foi publicada no ESTADÃO em 28/08/2019, quando ninguém tinha a menor ideia de que toda a educação do país

uma classe para o brasil

este texto tem origem numa discussão [em grupos de zap, que depois se tornaram mesas de bar…] sobre o protagonismo do brasil em um particular cenário

Silvio Meira é cientista-chefe da TDS.company, professor extraordinário da CESAR.school e presidente do conselho do PortoDigital.org

contato@tds.company

Rua da Guia, 217, Porto Digital Recife.

tds.company
somos um negócio de levar negócios para o futuro, nosso objetivo é apoiar a transformação de negócios nascentes e legados nas jornadas de transição entre o presente analógico e o futuro digital.

strateegia
é uma plataforma colaborativa de estratégia digital para adaptação, evolução e transformação de negócios analógicos em plataformas e ecossistemas digitais, desenvolvido ao longo de mais de uma década de experiência no mercado e muitas na academia.