por Silvio Meira

2012: mais de 1 exabyte de dados móveis por mês

2

eu, você, todo mundo reclama de quem, conosco em algum lugar, presta mais atenção no celular do que na gente. aliás, celular não, é smartphone ou tablet. é a velha história: nos convidam [ou convidamos] para uma reunião de trabalho [ou diversão, conversa num bar ou casa] e quem deveria "estar" conosco naquele evento único, que às vezes custou tanto a ser arranjado e acontecer, "foge" para a rede e passa a maior parte do tempo navegando. pode ser que atenção seja mesmo um fenômeno parcial e contínuo mas para muitos é difícil, ou impossível, administrar tal cenário.

claro que o povo que fica no tablet e smartphone enquanto "conversa" conosco não está falando, descaradamente, na nossa cara. ao contrário: estão sendo "capturados" por chats, emeios, mensagens nas redes sociais, alertas de notícias [ir]relevantes, alarmes de transações na bolsa, depósitos no banco, uso de cartões de crédito pelos familiares e por aí vai. em resumo, estão sendo "atacados" por informação gerada pelas configurações de rede que escolheram e acabam se tornando vítimas do sistema, de ansiedade informacional que, se não sentem, porque imersos nela, às vezes incomoda todo mundo ao redor, que se sente, sim, preterido pela rede.

pois bem: este povo vive num fluxo de 0.6 exabytes de dados móveis por mês. sabe quanto é um exabyte? um bilhão de gigabytes. dez elevado a dezoito bytes. um monte. sabe qual é o problema, como mostra a imagem abaixo, das previsões da cisco para o tráfego móvel nos próximos cinco anos? bem… é que o fluxo de dados móveis vai ser multiplicado por mais de 10 até 2016, inclusive porque as velocidades vão ser multiplicadas por quase isso. e a cisco diz que 2/3 do tráfego móvel, em 2016, vai ser vídeo.

ainda bem: ao invés de chamar as pessoas pra conversarem conosco ao vivo, vamos nos "encontrar " com elas por vídeo –móvel. aí, vai ver, elas vão prestar atenção na conversa que queremos ter com elas. sabe qual é a má notícia? segundo a cisco, 25% das pessoas vai ter mais de um smartphone lá em 2016. e… será que eles [nós?…] vão abrir uma conexão conosco num deles e ficar vendo [e/ou interagindo com] "outra" coisa no outro?…

image

Sobre o autor

Silvio Meira

silvio meira é cientista-chefe da TDS.company, professor extraordinário da CESAR.school e presidente do conselho do portodigital.org

por Silvio Meira
por Silvio Meira

Pela Rede

silvio meira é PROFESSOR EXTRAORDINÁRIO da cesar.school, PROFESSOR EMÉRITO do CENTRO DE INFORMÁTICA da UFPE, RECIFE e CIENTISTA-CHEFE, The Digital Strategy Company. é fundador e presidente do conselho de administração do PORTO DIGITAL. silvio é professor titular aposentado do centro de informática da ufpe, fundou [em 1996] e foi cientista-chefe do C.E.S.A.R, centro de estudos e sistemas avançados do recife até 2014. foi fellow e faculty associate do berkman center, harvard university, de 2012 a 2015 e professor associado da escola de direito da FGV-RIO, de 2014 a 2017.

Silvio no Twitter

Arquivo