em dezembro deste quase já ido 2011 e janeiro de 2012, o blog vai publicar [ao contrário da norma, aqui] bits: textos pequenos, bem mais frequentes, sobre nossa [mundana] vida digital. ao invés dos raciocínios estruturados e interligados de costume, vamos nos ater a TRÊS parágrafos, no máximo.

vamos tratar de UMA situação, UMA explicação e/ou consideração e, se for o caso, UMA pergunta. depois, UMA consideração sobre o tema, talvez uma opção pessoal. corporativa, se pudermos revelar uma. regional, se isso fizer sentido considerar um país ou região no contexto. vamos ver no que dá.

Relógio

pesquisadores argentinos descobriram que espermatozóides expostos à radiação emitida por laptops sofrem sérios danos: depois de quatro horas no campo de ação de um laptop conectado a uma rede wi-fi, 25% param de nadar. e 9% têm seu DNA modificado, 75 e 200% a mais do que no grupo de controle, onde os números são 14 e 3%, respectivamente.

image

o folclore associado a nerds diz que eles não conseguiriam se reproduzir por  falta de habilidades sociais que levariam a tipos relacionamento que tivessem como consequência, em algum futuro, a filhos.

agora sabemos mais: mesmo que tais habilidades sociais existam, e em grande escala [afinal de contas, o folclore é só folclore…], nerds e todos os usuários intensos de laptops podem ter dificuldade de reproduzir face à esterilização progressiva causada por exposição intensa aos sistemas computacionais que estão nos seus… laps. ou os argentinos podem estar, pura e simplesmente, errados. e tudo continua como antes.

Relógio

direto da fonte, o pesquisador césar sánchez sarmiento e colegas:

"Hemos comprobado que la exposición a las laptops conectadas a Wi-Fi disminuiría la movilidad y aumentaría el daño del ADN de los espermatozoides. Aunque estos estudios fueron realizados in vitro, nuestros resultados permiten sugerir que podría ser una causa de disminución de la fertilidad… Si bien debemos seguir investigando, nuestro primer consejo es que los hombres eviten usar las laptop sobre las piernas, sobre todo si están conectadas con Wi-Fi", finaliza Sánchez Sarmiento.