por Silvio Meira

lentes d’água para celulares…

l

rpi_liquid_camera_lens.jpg

não passa um dia sem que haja uma novidade que liga celulares a aplicações independentes do que a gente poderia chamar de "telefonia". uma das mais recentes é um novo tipo de lentes demonstrada por pesquisadores do RPI, rensselaer polytechnic institute. as lentes, que podem vir a ser usadas em câmeras e celulares [e em humanos, talvez…] são adaptativas e formadas por pares de gotas d’água cujo comportamento é modificado por ultra-som e podem capturar até 250 imagens por segundo, o que não é coisa pouca. além disso, usam muito pouca energia e podem manter o foco nos objetos observados de forma permanente.

esta não é a primeira lente de foco variável, mas a primeira de alta performance que usa ultra-som e que pode vir a custar muito mais barato do que os outros desenhos que estão se preparando para ir para o mercado em celulares e câmeras compactas. considerando que quase todo celular tem uma câmera, quase todo mundo vai ter melhores fotos e vídeos a custos e gastos de energia menores no futuro próximo.

talvez seja tempo de pensar em sistemas e aplicações que se tornam parte da "conta" telefônica e que tomem conta e conectem [!] o fluxo de mídia que todos os celulares estão gerando. isso já é parte do cenário em bem mais de um país mundo afora, embora em estágio muito inicial. e aqui? ah… se as nossas teles ouvissem o mundo ao seu redor… e estivessem mais dispostas a inovar, descobrindo, pra começar, que aqui fora há muito mais do que minutos pré-pagos… 

Sobre o autor

Silvio Meira

silvio meira é cientista-chefe da TDS.company, professor extraordinário da CESAR.school e presidente do conselho do portodigital.org

por Silvio Meira
por Silvio Meira

Pela Rede

silvio meira é PROFESSOR EXTRAORDINÁRIO da cesar.school, PROFESSOR EMÉRITO do CENTRO DE INFORMÁTICA da UFPE, RECIFE e CIENTISTA-CHEFE, The Digital Strategy Company. é fundador e presidente do conselho de administração do PORTO DIGITAL. silvio é professor titular aposentado do centro de informática da ufpe, fundou [em 1996] e foi cientista-chefe do C.E.S.A.R, centro de estudos e sistemas avançados do recife até 2014. foi fellow e faculty associate do berkman center, harvard university, de 2012 a 2015 e professor associado da escola de direito da FGV-RIO, de 2014 a 2017.

Silvio no Twitter

Arquivo