por Silvio Meira

skintenna: seu corpo inteiro, uma rede?

s

skin-tenna-pequeno.jpgclique na imagem ao lado pra ver [em detalhe] como  seu corpo pode se transformar em uma rede local, e neste link pra chegar num artigo da new scientist sobre o assunto.

pesquisadores da queen’s university, belfast, e da university of kent, canterbury, estão trabalhando em sistemas de propagação de ondas eletromagnéticas pela camada mais externa da pele humana, usando muito pouca energia e baixíssima emissão para fora da pele. a idéia é transformar o corpo em uma rede e usá-lo como meio de comunicação para os mais variados dispositivos digitais que carregamos [ou vamos carregar] conosco.

uma das aplicações reais mais interessantes pode ser a conexão entre dispositivos médicos, como sensores, monitores e atuadores, como marca-passos, e celulares. vem aí, talvez, o homem-rede, evolução [?] do homo sapiens

Sobre o autor

Silvio Meira

silvio meira é cientista-chefe da TDS.company, professor extraordinário da CESAR.school e presidente do conselho do portodigital.org

por Silvio Meira
por Silvio Meira

Pela Rede

silvio meira é PROFESSOR EXTRAORDINÁRIO da cesar.school, PROFESSOR EMÉRITO do CENTRO DE INFORMÁTICA da UFPE, RECIFE e CIENTISTA-CHEFE, The Digital Strategy Company. é fundador e presidente do conselho de administração do PORTO DIGITAL. silvio é professor titular aposentado do centro de informática da ufpe, fundou [em 1996] e foi cientista-chefe do C.E.S.A.R, centro de estudos e sistemas avançados do recife até 2014. foi fellow e faculty associate do berkman center, harvard university, de 2012 a 2015 e professor associado da escola de direito da FGV-RIO, de 2014 a 2017.

Silvio no Twitter

Arquivo