no brasil a gente ainda não tem banda larga o suficiente pra ver vídeo decentemente na rede. onde há, vídeo on-line, ao vivo, está começando a fazer um estrago legal mesmo na audiência de outras coisas que já estão fazendo a audiência da TV se mudar pra web, como redes sociais. ustream está reportando 10 milhões de unique viewers no mês passado, contra 4.5 milhões de mogulus.

ustream.jpg

a programação? dezenas de milhares de programas diferentes, com algumas centenas ou poucos milhares no ar, simultaneamente. com um pequeno grande detalhe: qualquer um de nós pode ir lá e começar um programa ou canal. youTube está atrasado no negócio de vídeo ao vivo mas chega lá em alguns meses. onde há banda, vai ser mais uma preocupação pras TVs normais. onde vai chegar banda, as TVs continuarão respirando aliviadas por algum tempo. mas o futuro de vídeo não parece estar no broadcast, aberto, com propaganda e apenas alguns poucos canais tentando nos sincronizar a toda e qualquer hora do dia. muito pelo contrário…